Doce de tomate da avó Tina # Grandma Tina tomato jam

doce-de-tomate0

 

Este verão, tem sido aqui em casa, uma verdadeira festa do tomate. Eles estão por todo o lado, no frigorífico, no balcão da cozinha, nas prateleiras da despensa, acreditem que não estou a exagerar. A minha sogra diz que nunca teve tamanha produção de tomates e o melhor de tudo é que são tomates coração de boi, que são verdadeiramente deliciosos e doces, além de terem formas muito engraçadas.

Como eu já vos tinha dito aqui, eu não perco uma oportunidade de transformar em doce tudo o que a isso se presta e com tamanha abundância de tomates era um pecado não fazer uma boa reserva de doce de tomate.

Esta receita é muito especial para mim, pois foi-me ensinada pela minha avó materna e faz parte das minhas memórias culinárias mais queridas.

In English

This summer has been a real feast of tomatoes here at home. They are everywhere, in the fridge, the kitchen counter, the pantry shelves, believe me I’m not exaggerating. My mother in law says she never had such production of tomatoes and the best of all is that they are ox heart tomatoes, which are truly delicious and sweet, and have very funny shapes.
As I had told you here, I do not miss an opportunity to turn into sweet all that it lends itself to it and with such abundance of tomatoes it was a sin not to make a good reserve of tomato jam.
This recipe is very special for me because it  was taught by my grandmother and is part of my fondest culinary memories.

tomato-jam0

tomates0
 Doce tomate com canela

 

  • Ingredientes:
  • 1 kg de tomates
  • 800 gr. de açúcar
  • 2 paus de canela
Preparação:
A minha avó nunca tirava a pele e as sementes aos tomates pois em casa dela todos gostavam do doce assim incluindo a minha mãe. Eu levei algum tempo a habituar-me mas hoje em dia, para mim é impensável fazer este doce de outra maneira, pois assim já não seria o doce da minha avó!
No entanto se preferir pode fazê-lo com os tomates pelados e sem sementes.
  • Lave os tomates, tire-lhes o pé e corte-os em pedaços. Numa panela grande de fundo espesso, ponha os tomates, o pau de canela e cubra com o açúcar, deixe ficar assim durante algum tempo, ( 30 minutos + ou-) até o açúcar dissolver um pouco.
  • Leve ao lume e deixe levantar fervura, os tomates largam muita água, por isso deixe ferver em lume médio, até parte dessa água evaporar, isto ainda demora algum tempo, se começar a deitar por fora, baixe o lume, tenha paciência e mantenha-se de vigia ao doce, mexendo de vez em quando.
  • Quando vir que uma boa parte da água já evaporou e o doce começa a ganhar mais consistência, aumente o lume para o máximo e deixe cozer até atingir o ponto, mexendo frequentemente para que não pegue no fundo, cuidado para não se queimar, pois este doce espirra muito. Esta última fase do processo, não deve ultrapassar os 20 minutos, para que o doce não fique tipo caramelo.
  • Quando vir o fundo da panela ao mexer, está pronto para sair do calor.
  • Aguarde 5 minutos, retire a espuma que pode surgir na superfície e verta o doce em frascos limpos. Feche-os muito bem.
  • Para preservar o doce coloque uma panela grande de água no fogão, e assim que estiver mornas  mergulhe os frascos na mesma. A água deve cobrir a totalidade dos frascos, incluindo as tampas.
  • Ferva por 5 minutos, retire os frascos da água com cuidado e deixe esfriar completamente.
  • Mantenha em um local escuro e fresco.
Apontamento:
O normal é usar-se 1 kg. de açúcar para cada quilo de fruta ou vegetal, mas eu uso sempre um pouco menos.
A questão é que antigamente como não havia frigoríficos, usava-se muito açúcar nos doces, pois assim conservavam-se mais tempo. Hoje em dia isso já não é um problema, sendo assim eu ponho sempre menos 200 ou 300 g. de açúcar, conforme a acidez da fruta ou neste caso, fruto.
Tomato and cinnamon jam
  • Ingredients:
  • 1 kg of ripe tomatoes
  • 800 g caster sugar
  • 2 cinnamon sticks
  • Preparation:
    My grandmother never peeled or seeded the tomatoes because in her house all liked the jam like so, including my mother. I took me some time to get used to it but now, for me it is unthinkable to make this jam otherwise it would no longer bet my grandmother´s jam.
    However if you prefer you can make it with peeled tomatoes.
  • Wash the tomatoes, remove the stems and cut them into pieces. In a large heavy bottomed pan put the tomatoes, cinnamon sticks and cover with sugar, let it stay that way for some time (30 minutes + or) until sugar dissolves a little.
  • Bring to the boil and cook. Tomatoes release a lot of water, so simmer over medium heat until the water evaporates a bit, it still takes some time, if it begins to pour out, low the fire, be patient, and keep a close watch, stirring occasionally.
  • When you see that a lot of the water had evaporated and the jam begins to gain more consistency, increase the heat to high and simmer until the point, stirring frequently so they do not take deep, careful not to burn yourself, because this jam splaches a lot.
  • This last phase of the process, should not exceed 20 minutes, otherwise it may turn into caramel and you don´t want that.
    When you can see the bottom of the pan while stirring is ready to come out of the heat.
  • Wait for 5 minutes, remove the foam that may have rise at the surface and pour the jam into clean jars. Close them tide.
  • To preserve the jam, take a big pan of water to the heat, and as soon as it is warm dive the jars in it. The water must cover the totality of the jars, including the lids.
  • Boil for 5 minutes, remove the jars from the water carefully and let them cool completely.
  • Keep in a dark, cool place.
 Note:
It´s normal to use 1 kg. of sugar for every kilo of fruit or vegetable, but I always use a little less.
The point is that in the old days as there were no refrigerators, people used too much sugar in jams, as a way to preserve them for longer. Today this is no longer a problem, when you open a jar of jam you can then keep in it the fridge, so I always use less 200 or 300 g. of sugar, depending on the acidity of the fruit.
tomatoes0
Advertisements

14 thoughts on “Doce de tomate da avó Tina # Grandma Tina tomato jam

  1. Olá Mónica!Que bonito o blog de cara nova, muito elegante.Aqui em casa também tem sido um festival de tomate que nem imaginas… tomates por todo o lado e para fazer todo o tipo de coisas. Doce ainda não fiz mas parece-me uma excelente ideia.beijocas

    Gostar

  2. As memórias gastronómicas são também para mim muito importantes e faço tudo para as manter vivas.Cá em casa eu sou a unica que gosta de doces, e o doce de tomate é um clássico e será também sempre o meu preferido.Bj

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s