Castanholas em molho de tomate, bacon e coentros # Clams in a tomato, bacon and coriander sauce

 

Agora que a maioria da raça humana debandou para um qualquer destino solarengo e super povoado, onde antes havia ruído, trânsito e frenesim, só ficou uma tranquilidade rara que apetece abraçar.

Tenho cozinhado bastante. Não tanto para o blogue quanto gostaria, mas sim para outros trabalhos.

Agosto é para mim maioritariamente um mês de trabalho, e felizmente os dias têm sido amenos, o que mantém a minha cozinha dentro de uma temperatura humanamente tolerável e recetiva a atividade de forno, o que tem acontecido bastante.

Eu prefiro outros meses para “veranear” mas há detalhes que me lembram o lado brando do mês e da estação. Aquela coisa de sentir o cheiro a férias em cada partícula do ar, e na tal tranquilidade que não se sente durante o resto do ano. Um abrandamento impossível de ignorar mesmo estando no ativo. E mesmo que eu não vá atrás do Verão ele arranja sempre forma de me encontrar. Tenho comido os melhores tomates coração de boi. Vermelhos e doces à força de tanto sol. Daqueles que ainda têm o dom de perfumar o ar. Muitas das vezes só com azeite e vinagre. Muitas outras em arrozes, gaspachos e estufados, e desta vez numas carnudas ameijoas castanholas, improvisadas no final de Domingo.

 

In English

Now that most of the human race has flown to any sun-drenched and super-populated destination, suddenly, where before there was noise, traffic, and frenzy, remained only a rare tranquility that one feels inclined to embrace.

I’ve been cooking a lot. Not as much for the blog as I would like, but for other works.

August is for me mostly a month of work, and fortunately the days have been mild, which keeps my kitchen within a human tolerable temperature and receptive to oven activity, which has happened a lot.

I prefer other months to “summer” but there are details that remind me of the mild side of the month and season. That thing of smelling the holiday scent in every particle of the air, and in that tranquility you do not feel during the rest of the year. A slowdown impossible to ignore even while working. And even if I do not go after summer it always finds a way to find me. I have eaten the best ox heart tomatoes. Red and sweet by the force of so much sun. The kind that still have the gift of perfuming the air. Often only with olive oil and vinegar. Many others times in rices, gaspachos and stews, and this time in these fleshy  clams, improvised last Sunday.

 

 

Marisco, qualquer tipo de marisco faz parte da essência do Verão. Esta é uma receita simples, com ingredientes bem portugueses que traz para a mesa aquela satisfação colorida que se espera desta estação, mesmo não estando de férias 🙂

 

Ingredientes:

  • 1 kg de castanholas previamente lavadas
  • 3 tomates grandes, bem maduros
  • 2 colheres de sopa de bacon cortado em tiras finas
  • 200 ml de vinho verde branco
  • 1 cebola média cortada em rodelas finas
  • 2 dentes de alho laminados
  • 3 colheres de sopa de azeite de boa qualidade
  • Coentros frescos a gosto
  • Sumo de lima a gosto

 

Preparação:

  1. Corte os tomates em pedaços pequenos, com a pele e as sementes também.
  2. Refogue a cebola no azeite quente até ficar transparente. Junte o alho e o bacon e mexa, frite por 1 minuto.
  3. Junte os tomates, mexa e deixe cozinhar por 3 minutos.
  4. Junte as castanholas, os coentros e regue com o vinho.
  5. Cozinhe em lume médio por 25 minutos (estas ameijoas têm uma concha muito espessa e são bastante carnudas daí precisarem de mais tempo de cozedura) com o tacho tapado.
  6. Salpique com um pouco de sumo de lima antes de servir.

 

 

Seafood, any type of seafood is part of the essence of summer. This is a simple recipe, with Portuguese ingredients that brings to the table that colorful satisfaction that is expected of this season, even when not on vacation 🙂

 

Ingredients:

  • 1 kg of previously washed clams
  • 3 large, ripe tomatoes
  • 2 tablespoons of bacon cut into thin strips
  • 200 ml white wine
  • 1 medium onion, thinly sliced
  • 2 cloves of garlic thinly sliced
  • 3 tablespoons of good quality olive oil
  • Fresh coriander to taste
  • Lime juice

 

Preparation

  1. Cut the tomatoes into small pieces, with the peel and the seeds included.
  2. Sauté the onion in the hot oil until it is transparent. Add garlic and bacon and stir, fry for 1 minute.
  3. Add the tomatoes, stir and cook for 3 minutes.
  4. Add the clams, coriander and drizzle with the wine.
  5. Cook over medium heat for 25 minutes (these clams have a very thick shell and are big and meaty, so they need more time to cook) with the covered pan.
  6. Serve with a drizzle of lime juice.

 

 

 

 

 

Anúncios

Bacalhau fofo com penca e alho francês # Fluffy cod with portuguese cabbage and leeks

 

cod0

 

Dezembro chegou em modo turbilhão, arrastando-me época festiva afora de trabalho em trabalho. Pelo meio um novo projeto  e a cozinhar em lume lento uma ideia que poderá tomar forma em 2017. Tudo coisas boas que não me deixaram tempo para pensar sequer nas receitas que não cheguei a fazer, nas listas de Natal que não escrevi, nas postagens que não consegui publicar. Continue reading “Bacalhau fofo com penca e alho francês # Fluffy cod with portuguese cabbage and leeks”

Panquecas de atum, requeijão e salsa # Tuna, cottage cheese and parsley pancakes

 

 

Chamo-lhe Água e Terra.
Uma linha de cerâmica única, feita à mão e à minha medida, que tem as qualidades estéticas dos meus dois elementos.
A ondulação que é tanto das ondas como da forma rude e organica que as mãos dão ao barro, e um brilho ténue que lembra algumas conchas, em cima da cor neutra que é tão da terra.
É natural, rústica e é perfeita para as sessões fotográficas que estão para acontecer.
Esta foi a primeira. Panquecas de atum, requeijão e salsa, leves e macias.
Um petisco feito para amigos num fim de tarde quente com muita cerveja bem fresca e conversa boa à mistura.
A verdade é que não é preciso muito para se criarem momentos que valem a pena ser lembrados 🙂

In English
I call it Water and Earth.
A unique line of ceramics, handmade to my  measure, that has the aesthetic qualities of my two elements.
The ripple that is both of the ocean waves as the rude and organic shape that hands give to the clay, and a faint glow that reminds me of sea shells, on top of that neutral color that is so much of the earth.
Its natural, rustic and perfect for all the photo shoots that are about to happen.
This was the first. Tuna, cottage cheese and parsley pancakes, light and fluffy.
A late afternoon tidbit cooked for friends with lots of cold bear and good chat to the mixture.
The truth is that you don´t need that much to create moments worth remembering 🙂

 






  • Um dos princípios básicos para fazer umas boas panquecas é não mexer demasiado a massa, desta forma elas ficarão leves e fofas.
    Devem ser comidas quentes ou mornas. Depois ficam secas, como todas as panquecas.


    Ingredientes: faz 12 panquecas pequenas
    300 g de requeijão desfeito
    3 colheres de sopa rasas de farinha
    1/2 colher de chá de fermento
    3 ovos batidos
    200 g de atum de conserva, bem escorrido
    2 colheres de sopa de salsa picada
    Sal a gosto
    Pimenta preta acabada de moer, a gosto
    1 fio de azeite para fritar
  • Preparação:
    *Numa taça misture a farinha com o requeijão desfeito, o fermento, os ovos, a salsa e o atum.
    *Tempere com sal e pimenta preta a gosto.
    *Numa sertã coloque um fio de azeite e aqueça bem.
    *Coloque colheradas de massa (usei colher de sopa), baixe o lume para moderado/baixo e frite por cerca de 3 minutos de cada lado.
    *Sirva ainda mornas com um pouco de maionese.

One of the basic principles to make great pancakes it´s not to mix the batter too much. This way they will be light and fluffy.
They are at their best hot or warm. Once they are cold they turn dry, as all pancakes do.

  • Ingredients: Makes 12 small pancakes
    300 g cottage cheese, crumbled
    3 tbsp flour
    1/2 tsp baking powder
    3 eggs, beaten
    200 g canned tuna, drained
    2 tbsp chopped parsley
    Salt to taste
    Freshly ground black pepper
    A thread of olive oil to fry

    Preparation:
    *In a bowl mix together the flour, cottage cheese, eggs, baking powder, parsley and tuna.
    *Season with salt and pepper to taste.
    *Put a thread of oilve oil into a frying pan and heat it up.
    *Put spoonfuls of the tuna batter (using a table spoon) in the pan and low the heat to medium/low, fry for about 3 minutes each side.
    *Serve warm with a good mayo.