Essenciais de Primavera # Spring essentials

 

E quando digo essenciais é de vegetais que estou a falar. Os fantásticos vegetais de Primavera.

Espargos, rabanetes, ervilhas de quebrar, canónigos. Deveriam estar aqui também o funcho e as ervilhas mas para estas bowls estes são uma combinação perfeita.

Cá em casa não somos vegan, nem sequer vegetarianos, bom há dias em que fazemos refeições vegetarianas mas esporadicamente, no entanto sempre namorei os estilos de vida mais saudáveis, não lhes quero chamar dietas porque realisticamente falando as dietas são sempre temporárias, só duram até voltarmos aos velhos hábitos o que inevitavelmente (salvo raríssimas exceções) acaba sempre por acontecer. Daí, há muitas luas atrás, eu ter passado por uma fase macrobiótica, mas não passou disso mesmo, uma fase. No entanto algo ficou. O gosto e interesse por ingredientes que nos tornam pessoas melhores, física, emocional e espiritualmente.

Entretanto casei com o meu mais que tudo que é um carnívoro da pesada, assumido e feliz. Isso aliado ao facto de eu também o ser, embora não da pesada, e de ambos virmos de backgrounds gastronómicos muito tradicionais, acabou por definir as refeições cá em casa.

Mas sorrateiramente, pacientemente, ao longo dos anos, fui introduzindo pequenas mudanças que fazem a diferença.

Leite de vaca já quase não consumimos, e o quase traduz-se por cappuccinos esporádicos que eu adoro. Um dos meus filhos ainda não se converteu, mas lá chegaremos.

Nesta casa onde se comem quilos e quilos de arroz, a maior parte das vezes ele é saturado com vegetais e a gordura usada é sempre azeite.

O nosso pequeno almoço há anos que passou a ser um smoothie com frutos, vegetais e outros aditivos poderosos. Esta foi talvez a minha maior conquista, levar o meu marido a gostar de smoothies. Mas também temos fins de semana de panquecas e torradas porque o prazer é um dos ingredientes mais importantes em qualquer estilo de vida.

E uma vez por outra, quando o rei faz anos lá consigo por na mesa uma refeição sem carne ou peixe.

Contas feitas penso que o saldo é positivo e com tendência a melhorar.

O que me leva a estas bowls que são tão, mas tão boas.

Olho para elas e vejo a frescura verde da Primavera. E a cada garfada o sabor prazeroso de uma refeição leve que satisfaz.

Tudo coisas boas. E isso nunca é demais!

 

 

In English

And when I say essentials it’s vegetables I’m talking about. The fantastic spring vegetables.

Asparagus, radishes, snow peas, mache. Fennel and peas shoul also be here, but for these bowls these are a perfect match.

Here at home we are not vegan, not even vegetarian, well there are days when we do vegetarian meals but sporadically, however I have always been drawn to healthier lifestyles, I do not want to call them diets because realistically speaking the diets are always temporary, they only last until you return to the old habits which inevitably (except for very rare exceptions) always happens. Hence, many, many moons ago, I have gone through a macrobiotic phase, but it has not gone beyond itself, a phase. However something stayed.

In the meantime I married my more than anything that is a strong carnivore, assumed and happy. This coupled with the fact that I am also, although not so much, and both of us come from very traditional gastronomic backgrounds, ended up defining the meals here at home.

But slyly, patiently, over the years, I’ve been introducing small changes that make the difference.

Cow’s milk we almost do not consume, and the almost translates to sporadic cappuccinos. One of my children is not yet converted, but we will get there.

In this house where you eat kilos and kilos of rice, most of the time it is saturated with vegetables and the fat used is always olive oil.

Our breakfast years ago turned out to be a smoothie with fruits, vegetables and other powerful additives. This was perhaps my greatest achievement, taking my husband to like smoothies. But we also have weekends of pancakes and toasts because pleasure is a most important ingredient in every lifestyle.

And once in a while, I´m allowed to put a meal without meat or fish on the table.

Accounts made I think the balance is positive and with a tendency to improve.

Which brings me to these bowls that are so, but so good.

I look at them and I see the green freshness of Spring. And with each forkful I taste the pleasant taste of a light meal that satisfies.

All good things. And that is never to much!

 

 

Ingredientes: 2 bowls

  • 100 g de quinoa real
  • 1 molho de espargos
  • Ervilhas de quebrar a gosto
  • Rabanetes a gosto
  • Canónigos a gosto
  • Ovos de codorniz a gosto
  • 1 abacate maduro
  • 1 limão
  • Sal a gosto
  • Pimenta preta a gosto
  • Fio de azeite

Molho de abacate e alho:

  • 1 abacate maduro
  • 2 dentes de alhos cortados em pedaços
  • Sumo de 2 limas ou a gosto
  • 1 copo de água
  • Sal a gosto

 

Preparação:

  1. Pré aqueça o forno a 200º, marca 6 do fogão a gás.
  2. Num tabuleiro de forno coloque os espargos, as ervilhas de quebrar e os rabanetes cortados em quartos.
  3. Tempere com sal, pimenta preta e salpique com azeite e leve ao forno por 12 a 15 minutos até que fiquem tenros.
  4. Num tacho coloque a quinoa e o dobro do volume da mesma em água. Tempere com uma pitada de sal e leve ao lume.
  5. Assim que ferver baixe para o mínimo e deixe cozer com o tacho destapado até que a quinoa absorva toda a água, cerca de 10 minutos.
  6. Tape o tacho e deixe assim por mais 5 minutos para que a quinoa fique bem fofa e solta.
  7. Entretanto coza também os ovos de codorniz, deixe arrefecer um pouco e tire-lhes a casca.
  8. Monte as bowls com os vegetais assados, os canónigos, o abacate cortado em fatias finas (não se esqueça de regá-lo com sumo de limão para que não fique castanho) e os ovos de codorniz cortados.
  9. Para fazer o molho coloque o abacate, os alhos, o sal, o sumo de lima e a água num liquidificador e triture até ficar macio. Pode juntar mais um pouco de água se achar que precisa. Retifique o sal.
  10. Salpique o molho a gosto nas bowls e mergulhe.

Ingredients: 2 bowls

  • 100 g of royal white quinoa
  • 1 bunch of asparagus
  • Snow peas to taste
  • Radishes to taste
  • Mache to taste
  • Quail eggs to taste
  • 1 ripe avocado
  • 1 lemon
  • Salt to taste
  • Black pepper to taste
  • Dash of olive oil

Avocado and Garlic Sauce:

  • 1 ripe avocado
  • 2 garlic cloves cut into pieces
  • Juice of 2 limes or to taste
  • 1 glass of water
  • Salt to taste

 

Preparation:

  1. Preheat the oven to 200º, 400F, gas mark 6.
  2. On a baking tray place the asparagus, the snow peas and the radishes cut into quarters.
  3. Season with salt, black pepper and sprinkle with olive oil and bake for 12 to 15 minutes until tender.
  4. In a pan place the quinoa and double the volume of it in water. Season with a pinch of salt and take to the heat.
  5. Once boiling lower to the minimum and cook with the pan uncovered until the quinoa absorbs all the water, about 10 minutes.
  6. Cover the pan and leave it for another 5 minutes so that the quinoa is very loose and fluffy.
  7. Meanwhile, bake the quail eggs, let them cool down a bit, and peel off the eggshells.
  8. Assemble the bowls with the roasted vegetables, the mache, the thinly sliced ​​avocado (do not forget to drizzle some lemon juice so it does not turn brown) and the quail eggs cut in half.
  9. To make the sauce, place the avocado, garlic, salt, lime juice and water in a blender and blitz until smooth. You can add some more water if you feel it needs it. check the salt and lime juice.
  10. Sprinkle the sauce to taste over the bowls and dive in.

 

 

 

Advertisements