Torta de alfarroba

No último dia da nossa estadia em terras do Sotavento algarvio, foi-nos oferecido um bonito cabaz com produtos típicos da zona, com um pedido, o de recriarmos uma receita típica desta zona do Algarve.
Outra oferta que nos foi feita, foi um saco com vários folhetos sobre os pontos de interesse da área serrana de Tavira que incluía um livro de receitas bem ilustrado e sugestivo, com várias das iguarias que se podem provar por ali.
Escolher uma receita não foi fácil, pois todas têm o seu encanto mas como nos últimos dias, andava a pensar em fazer um doce, escolhi a torta de alfarroba que por ter um sabor parecido com o do chocolate, acabou por ser a receita da minha eleição, isto por razões que vocês decerto já conhecem!
Assim aqui está ela, fofa e enrolada como manda a tradição!
Os ingredientes são exactamente os mesmos que estão no livro, apenas baixei um pouco a temperatura do forno com receio de a queimar.
Já agora e como todos nós que gostamos de comida também gostamos de falar de ingredientes, aqui fica a lista de produtos que compunha o bonito cabaz:

*1 saco de figos secos
*1 saquinho de flor de sal
*1saco de farinha de alfarroba
*1 frasco de mel
*1 saco de biscoitos de alfarroba
*1 frasquinho de piri-piri com aguardente de medronho
*1 saco de milho moído grosso, próprio para fazer xarém e outros pratos típicos
*1 saco de amêndoas

Estes produtos foram-nos oferecidos pela ASA, com excepção para os biscoitos de alfarroba e para o piri-piri com aguardente de medronho que nos foram oferecidos pela Quinta das Atalaias.

Ingredientes:
Torta:
180 gr. de farinha
30 gr. de farinha de alfarroba
190 gr. de açúcar
1 colher de chá de fermento em pó
6 ovos

Creme:
4 dl. de leite
80 gr. de açúcar
30 gr. de farinha
2 colheres de sopa de alfarroba
1 ovo
2 gemas

Preparação:
*Pré-aquecer o forno a 180º, marca 4 do fogão a gás.
*Batem-se os ovos com o açúcar até ficar uma mistura cremosa.
*Numa taça misturam-se as farinhas e o fermento e juntam-se à mistura de ovos e açúcar:
*Unta-se um tabuleiro com manteiga e forra-se com papel vegetal que se pincela com manteiga, polvilha-se o tabuleiro com farinha retirando o excesso.
*Põe-se a massa no tabuleiro e leva-se ao forno por 20 a 25 minutos, faz-se o teste do palito.

Para o creme:
*Leva-se o leite a ferver.
*Numa taça misturam-se todos os outros ingredientes e junta-se o leite quente aos poucos, mexendo até estar ligado.
*Leva-se novamente ao lume, mexendo sempre até engrossar.
*Desenforma-se a torta em cima de um pano molhado, polvilhado com açúcar.
*Recheia-se com o creme e com a juda do pano, enrola-se a torta.
*Serve-se à temperatura ambiente.

16 thoughts on “Torta de alfarroba

  1. Está mesmo com um belíssimo aspecto, quem veja só as imagens pensará mesmo que é de chocolate. E se o sabor também é idêntico, deve ser perfeita!
    No ano passado estive uns dias em Algoz e falaram-me muito na alfarroba, mas não cheguei a provar. Cada vez tenho mais pena. 🙂

    Gostar

  2. Esta torta tb me reluziu logo aos olhos!
    E a tua ficou linda.

    Mónica, reparando agora melhor na receita, vejo que a massa não leva gordura – achas que não valerá a pena acrescentar um pouquinho de manteiga?

    Beijinhos.

    Gostar

  3. Gasparzinha,

    Eu segui à risca e confiei na receita que vinha no livro oferecido pela ASA, como escrevi acima, só baixei um pouco a temperatura do forno.
    Se leres a receita no livro vais reparar que ela não leva manteiga.

    Bjs

    Gostar

  4. Eu tenho esse livro praticamente desde que ele foi publicado e desde aí que estou de olho em algumas receitas, nomeadamente esta. Mas nunca fiz… : ( Lá terei que levar o livro para a cozinha. Ficou perfeita! Obrigada.
    beijinho e boa semana pra ti

    Gostar

  5. Adoro esta torta, já a fiz vezes sem conta, é mesmo muito boa! Às vezes faço o dobro do recheio e uso como cobertura também!
    Da última vez que a fiz, até foi para o aniversário do blog Tertúlia de sabores, dei-lhe outra “roupagem” e adicionei coco. Se alguém quiser espreitar fica o link http://amor-as-camadas.blogspot.pt/2013/11/uma-torta-de-aniversario.html
    No entanto a receita original também é, e continuará a ser, das minhas preferidas com alfarroba.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s