Arroz do lavrador

 

 

A primeira vez que comi este arroz, percebi a enorme diferença de sabor entre os ingredientes comprados e os ingredientes plantados, colhidos e cozinhados pelas mesmas mãos, num ambiente livre de poluição e a uma altitude considerável, algures na Sera do Gerês.
Os espigos de couve portuguesa, os bróculos roxos, daqueles que tingem ,com as respectivas couves, a cebola, o feijão seco, os alhos e o chouriço de sangue, usados para fazer o arroz, eram todos produtos da casa e o sabor que lá experimentei, ía muito mais além de tudo o que eu pudesse imaginar.
Da receita original, o tomate não faz parte, foi acrescentado por mim, porque nessa casa comem-se apenas os vegetais da época, os vegetais que a horta dá. Ali, tomates só se comem no verão, no tempo deles, quando o calor do sol os torna tão saborosos e suculentos.
Agora que estamos novamente no tempo dos espigos e dos bróculos e eles não faltam na horta da minha sogra, aproveito o que a terra tão generosamente dá, e em família revivo sabores reconfortantes que me trazem tão boas recordações.

(esta mensagem foi atualizada)

 

Arroz do lavrador
 
 

Ingredientes: 4 pessoas
6 chávenas de café de arroz agulha
4 tomates maduros sem pele nem grainhas ( pode ser de lata), cortados em pedacinhos
Espigos de couve portuguesa a gosto
Bróculos a gosto
1 cenoura pequena descascada e ralada
1/2 cebola picada
Azeite, 2 colheres de sopa
Sal
1 folha de louro
Pimenta preta acabada de moer
2 dentes de alho ralados
100 gr. de Feijão catarino ou vermelho
Chouriço de sangue de boa qualidade a gosto cortado em rodelas ( este que usei é de terras de Bouro-Gerês)

Preparação:
*Demolhe o feijão em água durante a noite.
*No dia seguinte coza-o até estar tenro mas não a desfazer-se, reserve a água da cozedura.
*Num tacho grande, faça um refogado com a cebola, o alho e o louro.
*Quando a cebola estiver a começar a ganhar cor, junte a cenoura ralada e o chouriço, deixe fritar um pouco.
*Junte os tomates e mexa .
*Deixe refogar 10 minutos com o tacho tapado.
*Junte o feijão e 4 vezes o volume do arroz em água, este arroz serve-se bem malandro, quase como uma sopa.
*Use a água de cozedura do feijão se esta não chegar junte mais água simples.
*Deixe ferver e tempere com sal e pimenta a gosto.
*Cozinhe 5 minutos.
*Por fim junte o arroz, mexa e deixe cozer, o que demora entre 12 a 15 minutos.
*Sirva imediatamente.

Advertisements