Pitões das Júnias

Há já muitos anos que conheço Pitões das Júnias, a primeira vez que lá fui, foi pela mão do meu pai que desde muito novo conhece bem as serranias do Gerês e desde então volto lá sempre que posso.
Pitões é uma aldeia muito agreste mas também muito bonita, com as suas casas típicas de granito, cujos telhados, no Inverno, ficam escondidos debaixo de um manto de neve branca e luminosa.
Na semana entre o Natal e a passagem de ano, aproveitamos um dia para lá ir novamente e apesar de estar muito frio, não esperávamos encontrar neve. Assim, foi uma agradável surpresa
vermos já perto de Pitões, as bermas da estrada cobertas de branco.

Também no caminho, vimos a zona dos fornos ( fornos cobertos em zona de piqueniques). Num deles estava um grupo de caçadores num convívio animado.






Quando chegamos à aldeia, fomos logo almoçar e enquanto lá fora a chuva grossa caía, ameaçando virar a neve a qualquer instante, nós provávamos as deliciosas carnes e enchidos da região.
O vinho, tinto como não podia deixar de ser, teve que ser ligeiramente aquecido junto à maquina de fazer café, pois com o frio da serra, mais parecia que tinha estado no frigorífico. Depois de confortados pela comida e aquecidos pelo vinho, foi altura de sair e enfrentar a chuva, percorrendo as ruas da aldeia, até onde as casas ficam para trás e no horizonte já só cabem os montes e o verde misturados com o granito, no fundo aquilo que eu mais gosto, a natureza pura e agreste, onde o que realmente importa se sente à flor da pele, como em nenhum outro lugar.
Com o tempo a acelerar a partida, ficou por rever o Mosteiro ( santa Maria das Júnias ), já que para lá chegar, é necessário fazer parte do percurso a pé e o tempo não estava muito convidativo , mas se ainda não conhecem e estão a pensar visitar a aldeia, não deixem de lá ir. O Mosteiro fica no fundo de um caminho de pedra muito bonito e a zona que envolve o mesmo, é linda.
Outro dos Ex-libris da aldeia é a cascata que vale a pena visitar, embora eu tenha uma preferência especial pelo Mosteiro.
Já no carro, quentes e abrigados, ficamos ainda um pouco a ver a neve que tinha começado a cair timidamente e pouco depois de termos começado a viagem de regresso a casa, ainda paramos na berma da estrada para brincarmos na neve com os miúdos.

Uma outra aldeia que fica relativamente perto de Pitões e que vale a pena visitar é Tourém situada quase na fronteira com Espanha, onde existe um forno comunitário lindíssimo. Infelizmente, da última vez que visitámos a aldeia, o forno estava cheio de lixo lá dentro, o que me deixou boquiaberta, tendo em conta o valor e importância de um património daqueles. Como essa visita já foi à quase dois anos, talvez agora o forno esteja mais acarinhado…Pelo menos assim espero!

Anúncios

6 thoughts on “Pitões das Júnias

  1. Que saudades me fizeste sentir dos tempos longínquos em que os meus Filhotes eram adolescentes e andámos por esses lados, à procura dos Pitões das Júnias!Foi depois do almoço que partimos do Gerês, de mapa na mão. Passámos a Barragem de Venda Nova e percorremos muitos quilómetros nessa paisagem bela e austera que Miguel Torga tão bem descreveu!Não encontrámos casas nem vivalma e começou a escurecer. Receosos de nos termos perdido, voltámos para trás…até hoje.Passados mais de vinte anos, (já sou avó),ainda não perdemos a esperança de lá voltar em breve. Obrigada por me teres recordado os belos tempos em que tinha os filhos por perto. Aproveita bem todos estes doces momentos. Bjs.Bombom

    Gostar

  2. Saí de portugal entrei em espanha e voltei a portugal a pitões de júnias,encontrei-me na memória de Torga de caminhantes à procura de tudo e nada como fossemos crianças novamente,
    ao falar com os junianos,tive a sensação que eramos amigos de outras paragens.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s