Sonhos de Natal

Neste Natal os sonhos foram sem dúvida dos meus doces preferidos!
Doces, leves, fofos e com aquele sabor típico e delicioso que só os fritos de Natal têm, agradaram tanto que por altura dos Reis voltei a fazê-los, desta vez só para os de casa.
Enquanto os fritava, aquele cheirinho quente e bom a fritos doces, fez-me fazer um pequeno desvio da tradição gastronómica portuguesa e acabei a comer os sonhos com uma chávena de chocolate quente, ou para ser mais exacta a molhar os sonhos no chocolate quente e cremoso, como de estivesse a comer churros…Uma delícia!…
Experimentem e rendam-se totalmente!

Ingredientes:
5 ovos
200 gr. de farinha
50 gr. de amido de milho ( maizena )
30 gr. de açúcar
50 gr. de manteiga
4 dl. de água
1 casca de limão
Pitada de sal

Para a calda:
4 dl. de água
200 gr. de açúcar
1 casca de limão
1 casca de laranja
1 pau de canela

Preparação:
Leva-se a água ao lume num tacho com o sal, a casca de limão e a manteiga.
Assim que levantar fervura, tira-se o tacho do lume e juntam-se as farinhas previamente peneiradas, mexendo bem até estas estarem totalmente incorporadas.
Leva-se o tacho novamente ao lume e vai-se mexendo a massa até esta se desprender das paredes e fundo do tacho formando uma bola.
Põe-se a massa numa taça e vai-se mexendo com a colher de pau até arrefecer totalmente o que ainda demora algum tempo.
Depois juntam-se os ovos um a um, batendo entre cada adição, cada ovo tem que estar totalmente envolvido na massa antes de se juntar o próximo.
Fritam-se colheradas pequenas de massa em óleo quente que depois se baixa de intensidade para não queimar os sonhos.
As colheradas devem ser pequenas porque os sonhos crescem bastante.
Conforme vão fritando, os sonhos dão cambalhotas no óleo quente e a cada cambalhota furam-se os sonhos com um garfo de dentes finos ou então uma agulha de croché.
Eu costumo furá-los a cada volta que dão até pararem de fritar pois assim ficam bem grandes e firmes.
Quando estão prontos o óleo à sua volta acalma e os sonhos quase param de fritar, è sinal que está na hora de os tirar da fritura e escorrê-los em papel de cozinha.
Para fazer a calda colocam-se todos os ingredientes num tacho e leva-se a ferver por quinze minutos.
Deixa-se a calda arrefecer um pouco e regam-se os sonhos com ela.
Se preferirem podem somente polvilhar os sonhos com açúcar e canela.

14 thoughts on “Sonhos de Natal

  1. Confesso que este foi o grande gap do meu Natal! Nunca fiz sonhos!
    Estes ficaram lindos, estão a pedir uma trinca! Várias!
    As tuas fotografias são sempre muito bonitas. Essas tacinhas são um mimo!
    É tudo 5 estrelas!
    Beijinhos.

    PS – Acho que levo daqui + 1 receita… Ai, ai, Mónica! Agora é altura para dietas e tu mostras isto! Não resisto…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s