Delícia de pêssego

Fechem os olhos e imaginem que estão no meio de um campo de pessegueiros, com a brisa quente de um dia de verão, a espalhar o perfume doce e delicioso dos pêssegos maduros.
Colham um de uma árvore e sintam a maciez da sua casca,… suave… e agradável ao tacto.
O seu perfume está por todo o lado.
Imaginem agora a sua cor, uma mescla de amarelo, rosa e laranja…linda.
O calor do sol intensifica o aroma exalado pelos pessegueiros.
As cores , os cheiros e a percepção das coisas, são cada vez mais fortes.
As sensações tornam-se tão intensas que quase lhe conseguem sentir o gosto. O gosto marcado do pêssego, com textura macia como a sua casca e suave como a sua polpa, doce e suculenta que se come com vontade, quase sem mastigar…
Uma verdadeira delícia…de pêssego.

Ingredientes:
1 caixa de gelatina de pêssego ( com 2 saquetas )
1 lata de pêssego em calda
1 dl. da calda do pêssego
5 folhas de gelatina ( transparente )
1 lata de leite condensado
8 ovos

Preparação:
Primeiro faça uma das saquetas de gelatina de Pêssego, seguindo as instruções da embalagem, ponha numa forma de bolo inglês e leve ao frigorífico a solidificar.
Só quando a gelatina estiver sólida é que pode começar a preparar o creme de pêssego ( bavaroise ).
Ponha água morna numa taça e coloque dentro as folhas de gelatina a demolhar.
Leve ao lume a calda do pêssego ( 1 dl. ) e dissolva a outra saqueta de gelatina na calda.
Junte as folhas de gelatina demolhadas e mexa, não deixe a mistura ferver.
Quando estiver tudo bem dissolvido tire do lume e reserve.
Separe as gemas das claras e junte as gemas com o leite condensado.
Junte esta mistura à mistura de calda e gelatinas e mexa bem para ligar.
Bata as claras em castelo e incorpore-as na mistura anterior, com cuidado mexendo o creme de cima para baixo.
Tire a forma com a gelatina de pêssego do frigorífico e ponha dentro o creme de pêssego, até encher a forma, leve ao frigorífico pelo menos por 6 horas.
Quando estiver sólido, tire do frio e para desenformar, encha o lavatório da cozinha com água quente, mergulhe a forma na água por um bocadinho, tire da água e passe uma faca pelas beiras da forma, ponha o prato que escolheu em cima da forma e vire-a com cuidado ao contrário. Espere um pouco , demora um pouco para o doce cair no prato, caso não saia volte a mergulhar na água quente e repita o resto do processo.
Não convém deixar a forma muito tempo dentro da água, pois corre o risco de desfazer o doce.
A mim sobra-me sempre creme de pêssego, é natural que lhe sobre também, ponha numa taça à parte e leve também ao frigorífico.
Sirva o doce com pêssego em calda .
Advertisements