E já estamos na Primavera! # Spring is here!

Pois é verdade. A Primavera já chegou e os passarinhos já cantam e tudo e tudo e tudo… Pena que com ela tenha vindo também uma gripe chata, dias de chuva e vento fortes e um cansaço do muito que fui acumulando nos últimos meses devido ao trabalho, vida familiar, vida doméstica, enfim, o pacote completo.
Por outro lado e porque ver o lado bom das coisas é fundamental, agora, ou melhor, quando a chuva passar, vêm os dias de sol com a luz linda própria desta estação. E vem ao de cima o meu gosto pelos fundos brancos, pelos verdes tenros do jardim e pelas cores e sabores das saladas frescas. Foi esse gosto que há dias deu o mote para uma sessão fotográfica familiar e descontraída cá em casa. Uma salada linda e saborosa. O jardim ao fundo. E um assistente de fotografia improvisado (o meu caçula e skater preferido) que acabou a fazer palhaçadas para a câmara enquanto sorrateiramente eu aproveitava a oportunidade para guardar os momentos para a posteridade. Setenta e poucas fotos mais tarde confirmei o que já suspeitava: Aos quinze anos é difícil uma máquina fotográfica bater um skate. Já a salada saiu-se muito melhor 🙂
Com a expansão da luz e do calor, expande-se também a minha vontade de misturar ingredientes. Acho que essa é verdadeira beleza das saladas, para além do sabor, claro. A infinidade de variantes que permitem. A liberdade para experimentar tantos sabores e tantas texturas. Esta é a mistura de um pouco do que todos nós mais gostamos: Tomates assados e manjericão para mim. Rúcula para o João. Camarão para O J. Feta para o D. e grão para todos.
Mas aqui, tal como noutras saladas, o ingrediente principal é mesmo a imaginação.
Tudo o resto vem depois.
P.S. Volto dentro de dias com uma receita para a Páscoa. Fiquem sintonizados 😉
In English
So It´s true. Spring has arrived, the birds are singing and so and so and so… To bad that with it also came a boring flu, more rainy, windy days and a bit if tiredness, accumulated in recent months due to work and family life, well, the whole package.
On the other hand and because seing the good side of things is fundamental, now, or when the rainy days are over, the sun will shine and the beautiful light of this season will be here. It´s time for my favorite white backgrounds, the beautiful shades of tender green from the garden and for the colors and flavors of fresh salads. That´s why I decided to organize a relaxed family photo shoot here at home. A beautiful and tasty salad for lunch. The garden in the background and an improvised shooting assistant (my youngest who is also my favorite skater in the whole world) that ended up clowning for the camara while I took the opportunity to save the moments for posterity. About seventy photos later I confirmed what I already suspected: At fifteen is hard for a camera to beat a skateboard. So much for passing along some shooting wisdom. Fortunately the salad did much, much better 🙂
With the expansion of light and heat, my will to mix ingredients also expands. I think that´s the true beauty of the salads, besides the taste of course. The multitude of variants that allow. The freedom to try many flavors and many textures. This one is a mixture of what we all love the most: Roasted tomatoes and basil for me. Arugula for João. Shrimp for J. Feta for D. and cickpeas for us all.
But here, just like in other salads,  the main ingredient is really the imagination.
 Everything else comes after.
P.S. I will post a recipe for Easter in a couple of a days. Stay tuned 😉

 

 

 

 

Salada de grão, camarão, rúcula, tomates assados e feta com vinagrete de manjericão
 
Ingredientes: 4 pessoas
200 g de grão de bico seco
100 g de rúcula
200 g de camarão cozido
16 tomates cereja
Queijo feta a gosto
Sal
Pimenta preta (acabada de moer)
Folhas de manjericão
Azeite
Vinagrete de manjericão:
2 dl de azeite (usei extra virgem)
1 dl de vinagre de vinho tinto
2 dentes de alho ralados
6 hastes de manjericão (só as folhas)
Sal fino a gosto
Preparação:
*Deixe o grão de molho na noite anterior. No dia seguinte coza-o até ficar tenro (45 m a 1 hora), junte sal apenas no final da cozedura para que os grãos não endureçam. Escorra e tempere o grão com 2/3 da vinagrete, envolvendo-o bem. Reserve a restante para a salada.
*Para fazer a vinagrete coloque todos os ingredientes num processador ou liquidificador e triture bem.
*Pré aqueça o forno a 180º, marca 4 do fogão a gás.
*Salpique os tomates com azeite e tempere-os com sal e pimenta preta a gosto, leve-os ao forno a assar por 15 minutos.
*Numa travessa junte todos os ingredientes como mais gostar, salpique com o queijo feta esfarelado, com folhas de manjericão e verta a restante vinagrete por cima. Sirva à temperatura ambiente.
Chickpea, shrimp, arugula, roasted tomatoes and feta salad with basil vinagrette
Ingredients: serves 4
200 g dried chickpeas
100 g arugula
200 cooked shrimp
16 cherry tomatoes
Feta cheese to taste
Salt to taste
Freshly ground black pepper to taste
Basil leaves
Extra virgin olive oil
For the basil vinagrette:
2 dl extra virgin olive oil
1 dl red wine vinegar
2 garlic cloves, minced
1 big bunch of basil (leaves only)
Salt to taste
Preparation:
*Soak the chickpeas during the night and the next morning cook them in plenty of water until tender (about 45 m to 1 hour), Season with salt only in the end of the cooking, otherwise the pulses will harden. Drain, let it cool a bit and coat well with 2/3 of the vinagrete.
*To make the vinagrette you only have to put all the ingredients inside a food processor and blitz until smooth and velvety and season with a bit of salt.
*Preheat the oven to 180º, gas mark 4, 350F
*Put the tomatoes on a baking sheet, coat the them with olive oil and sprinkle with salt and black pepper. Bake for 15 minutes, until tender.
*Put all the ingredients for the salad on a dish, sprinkle with crumbled feta cheese and basil leaves. Drizzle with the remaining vinagrette and serve to room temperature.

 

 

Advertisements