Bolo de laranja sem glúten # Gluten free orange cake

Eu tenho duas laranjeiras. Bem, na verdade não são “minhas”, são assim como que emprestadas. Não estão na minha horta mas posso visitá-las sempre que quero.
Não sei ao certo quantos anos têm essas laranjeiras. Nunca perguntei a quem as plantou. Só sei que têm copas largas e ramos tombados na terra, de tão carregados de frutos que estão.
Gosto de me refugiar debaixo dos seus ramos. É como estar dentro de uma gruta verde, de cujas paredes nascem laranjas. Conseguem imaginar como é?
Por vezes sento-me na terra, dentro da gruta, encostada ao tronco da laranjeira. Não há sítio melhor para comer uma laranja. Ou até duas!
Passei os últimos dias a transformá-las em sumo e saladas de fruta. Caprichos de uma gripe que me tem mantido em reclusão.
Mas na Sexta-feira à noite, com a casa calma e aquecida pelo calor da salamandra, veio a vontade de ligar o forno e cozer um bolo, para o fim de semana que se adivinhava entre quatro paredes, rodeada de livros, música e talvez alguns filmes para rever… Pode até não parecer, mas para mim foi o paraíso.

In english

I have two orange trees.Well, actually they are not “mine”, they are sort of borrowed. They are not in my garden but i can visit them whenever i want.
I don´t know how old these orange trees are. I never asked to whom has planted them. The only thing i know, is that they have large tops and long branches laden with fruit , fallen on the ground.
I like to take refuge under it´s branches. Is like being inside a green cave, from whose walls, juicy oranges keep growing. Can you imagine how it is?
Sometimes i sit on the ground, inside the cave, leaning against the trunk of the orange tree. There´s no better place to eat an orange. Or even two!
I spent these last days turning them into juice and fruit salads. Whims of the flu that in these past few days has kept me in confinement.
But on Friday night, from the quiet and warm by the wooden stove house, came the desire to turn on the oven and bake a cake, preparing for a weekend that would most likely be spent indoors surrounded by books, music and perhaps some movies for reviewing...It may not seem so, but for me it was heaven.

Bolo de laranja sem glúten

Esta receita foi adaptada do livro “Feast” da Nigella Lawson (um dos meus preferidos). Um bolo muito simples, com uma textura um pouco granulosa, dada pela farinha de arroz, que o sumo de laranja enriquece. Ideal para acompanhar um chá quente, num dia frio de Inverno.

Ingredientes:
8 ovos
300 g de açúcar amarelo
300 g de farinha de arroz
300 g de manteiga sem sal, amolecida
1 colher de chá de fermento em pó
Raspa e sumo de 2 laranjas médias
Gomos de laranja (sem pele) para decorar

Preparação:
*Pré-aqueça o forno a 180º, marca 4 do fogão a gás.
*Unte uma forma de fecho e fundo falso (22 cm) com manteiga e forre o fundo com papel vegetal.
*Separe as gemas das claras.
*Bata as claras até começarem a ganhar volume e junte-lhes 100 g do açúcar. Continue a bater até ficarem bem firmes, em merengue.
*Bata a manteiga com os restantes 200 g do açúcar até ficar em creme (3 a 5 minutos), junte as gemas, a raspa da laranja e bata até ficar com uma mistura fofa e volumosa.
*Junte a farinha e o fermento e bata.
*Junte o  merengue, aos poucos, com cuidado, mexendo de cima para baixo para não partir as claras.
*Verta a massa na forma e leve ao forno por aproximadamente 40 minutos, espete um palito, se sair seco está pronto. Vá vigiando, se começar a alourar demais tape com papel de alumínio.
*Tire o bolo do forno e sem o desenformar, espete um palito em vários pontos da superfície e regue-o com o sumo das laranjas, estando ele ainda quente.
*Deixe arrefecer um pouco e desenforme.
*Por fim cubra-o com gomos de laranja (sem pele).

Gluten free orange cake

This recipe was adapted from Nigella Lawson´s “Feast” (one of my favorite cookbooks). Is a simple cake, with a crumbly texture, given by the rice flour, enriched by the orange juice. Ideal to have with a hot cup of tea on a cold Winter´s day.

Ingredients:
8 eggs
300 g light brown sugar
300 g rice flour
300 g soft unsalted butter
1 tsp baking powder
Zest and juice of 1 big orange
Slices of orange to decorate (without skin)

Preparation:
*Preheat the oven to 180º, gas mark 4.
*Butter a springform tin (26 cm) and line the bottom with parchment paper.
*Separate de yolks from the whites.
*Beat the egg whites until foamy and add 100 g of the sugar. Continue beating until firm.
*Beat the butter with the remaining sugar (200 g)  until fluffy and pale. Stir in the yolks and zest.
*Add the rice flour with the baking powder and mix.
*Add  the meringue in 3 parts, carefully, folding it into the batter with bottom to top movements, so the whites don´t break.
*Pour the batter into the cake pan and bake for approximately 40 minutes (if the cake begins to over brown, cover it with foil). Insert a wooden stick in the middle , if it comes out clean then it´s ready.
*Take the cake out of the oven, prick the cake with a skewer and immediately pour the orange juice over it.
*Let it cool a bit and unmold.
*You can serve has it is or with some orange slices on top.

Advertisements

11 thoughts on “Bolo de laranja sem glúten # Gluten free orange cake

  1. Hmmmm, também quero laranjeiras emprestadas. Quer dizer, na verdade vou ter uma assim, pois a minha prima está a terminar de recuperar um linda casa no centro do Porto (2 mins a pé do meu apartamento) e tem no seu jardim uma bela (e bem grande) laranjeira! E em 2011 já plantou um limoeiro que dá limõezinhos, morangueiro e tomateiros. A minha horta de varanda é para coisas mais pequenas, ervas aromáticas, flores de abóbora e pouco mais.
    Quanto ao bolo de laranja, gosto da ideia de utilizar farinha de arroz e como já tenho umas laranjinhas a pedir para serem comidas, no próximo fim de semana talvez me aventure a recriar esta receita 🙂

    Gostar

  2. Olá Sanda
    Espero que gostes!

    Olá Ondina Maria
    Essas casas antigas do Porto, com jardim nas traseiras são lindas. Quanto à farinha de arroz, cada vez a uso mais. Gosto bastante do sabor e da textura que dá aos bolos.

    Olá Ilídia
    Eu é que agradeço! O seu comentário é uma fonte de motivação.

    Olá Diogo Marques
    É um bolo despretensioso. Muito simples, até no sabor mas acima de tudo é uma boa companhia para um chá quente num dia frio, que pode ser apreciado também por pessoas com doença celíaca.

    Olá Marmita
    Também eu. São delícias recheadas de vitamina C E fibras. Só coisas boas!

    Olá Moira
    Obrigada! Já estou quase boa. As laranjas têm ajudado bastante:)

    Olá BValério
    Eu costumo dizer que o melhor remédio para a falta de apetite é ler um livro ou ver um vídeo da Nigella. É impossível fazê-lo ser ficar com vontade de cozinhar e comer. É tiro e queda!

    Um beijo para todos:))

    Gostar

  3. Mónica,
    Antes de mais obrigada pela visita.
    Penso que é a primeira vez que aqui venho.
    Nem sei por onde começar, se pelas receita, se pelos textos, ou pelas fotografias…
    Sobre o pão, também ando, e como sempre em experiências, e nao faço mais posts sobre pão e sourdough para não correr o risco de parecer um disco partido 🙂 (é disco partido que se diz? n me lembro.) Sempre com a ladainha do pão e dos iscos. =D

    um abraço e até breve

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s