A feira! # The market!

Ultimamente, tenho voltado aos poucos, às feiras que costumava visitar antes de ter o restaurante e tem sido uma verdadeira redescoberta. As bancas dos lavradores são as minhas preferidas. Podem não ter a fruta mais “perfeita” e a organização dos vegetais pode até nem ser a melhor mas lá encontro sempre verdadeiras pérolas. Apesar destas fotos terem sido tiradas na feira de Espinho, que acontece à Segunda feira, aquela que eu frequento mais vezes é a de Custóias, ao Sábado à tarde. Lá encontra-se uma variedade enorme de frutas e vegetais e há sempre alguma novidade. Na semana passada trouxe feijão verde raiado de rosa ( rosa que desaparece depois do feijão ser cozinhado. Enfim, não se pode ter tudo!)  e umas maçazinhas minúsculas também verdes e rosa, daquelas em que quase ninguém repara e mesmo que repare, olha e vira a cara. Pequeninas como só elas mas cheias de sabor. Perdidas no meio de outras bancas cheias de belas,  reluzentes e calibradas Golden delicious, starking e afins… Muita parra mas na maioria dos casos, pouca fruta!
Depois há a questão dos preços, a cada vez mais importante questão dos preços… Os tomates por exemplo, comprei tomates Xuxa e Coração de boi a 0,40 cêntimos o quilo! Mas em que outro sítio, eu encontrava estas variedades de tomate a este preço? Tive que perguntar segunda vez, porque pensei que tinha percebido mal. E depois há os piropos das vendedoras que até podem ser suspeitos (fazer negócio é o que mais importa!) mas que caem muito bem. E há o “quer provar um pedacinho?” que aliás foi o que me levou a comprar uma melancia doce e sumarenta que acabou em granizado – a publicar em breve aqui no blog –  e é por tudo isto que eu fico contente por voltar a redescobrir as feiras com todo o colorido, vida e autenticidade que as caracteriza.

Bom fim de semana para todos!

In english

Lately, I have  slowly returned to the Markets that I used to visit  before the restaurant opening and has been a true revival. One can get so much inspiration from all the fresh vegs and fruits, that i can´t help felling like a kid on a candy shop. I want it all and in large quantities!
The farmers stalls are my favorite. The fruit may not be “perfect size and shape” and the organization of the vegetables may not even be the best, but there I always find real pearls. Despite these photos were taken at the market of Espinho, that takes place every Monday, the one where I go more often is to Custóias, on Saturday afternoons. There I find  a huge variety of fruits and vegetables and there is always something new that catches my eye. Last week I brought green beans streaked with pink (sadly, the beautiful color faded after the beans were cooked, but the flavour was awesome) and also some tiny pink and green apples, those in which hardly anyone even notices . Small as golf balls but full of flavor, lost in the midst of other stalls full of beautiful, shiny and calibrated Golden delicious, and Starking… With great looks but in most cases with almost no flavour.
And then there is the sellers flirting, “what is going to be my dear?”  or “this is for you my love!” I know it´s all for the sake of business, but I love it anyway. And there’s also  the “want a bite? which incidentally was what led me to buy a deliciously sweet and juicy watermelon that ended up in a granita  to be published soon here on the blog – And is this bubbly life you feel in these markets that makes me so happy to be back to rediscover every little corner, with all the color, vibrance and authenticity that makes them what they are. Oh! and all the good cooking they inspire! Just love it!

Have a great weekend!

Advertisements