O trilho de Salreu e mais uma salada # Salreu´s trail and one more salad

 

… Por vezes os campos verdes e alagados davam lugar a extensões de palha seca já cortada e feita em rolos enormes que pareciam estar em movimento. São uma das minhas imagens preferidas, pelo contraste das cores e texturas da paisagem e porque sempre gostei muito destes rolos. São um dos “símbolos “mais bonitos da vida campestre.
 
A certa altura fizemos um desvio no percurso e continuamos por um caminho alternativo com muitas silvas em flor – promessa de um Verão com muitas amoras – e também sabugueiros. E à nossa volta sempre as aves, muitas aves cada uma com o seu canto característico. De volta ao trajeto principal passamos ainda pelo Esteiro de Salreu, canal pouco profundo e lodoso que serpenteia por entre os arrozais.
Pelo caminho ainda apanhámos camomila- uma das minhas ervas preferidas –  e erva de S. João (hipericão) que estão agora a secar para usar em chás.
No regresso a casa tínhamos à espera a última das três saladas de que vos falei na última postagem: Grão de bico (demolhado e depois cozido, eu prefiro usar leguminosas secas) com agriões, tomates marinados, azeitonas pretas e ovos cozidos. Uma deliciosa combinação de nutrientes, que soube melhor do que nunca depois de várias horas de caminhada ao ar livre.
 
In English
…Sometimes the green, flooded fields gave way to tracts of dry staw already cut and made into huge rolls that seemed to be moving. They are one of my favorites images, because of  the contrast of colors and textures of the landscape and because I always liked these rolls. They are one of the most beautiful “symbols” of the country life.
At one point we made a detour on the route and continued through an alternative path with many brambles in flower – the promisse of a Summer with lots of blackberries – and also elders. And around us always the birds, many birds, each with it´s characteristic singing. Back to the main route, we also passed near the Salreu´s Esteiro, a shallow and muddy channel that meanders through the rice paddies.
Along the way we picked some chamomile – one of my favorite herbs – and S. João herb (hypericum) which are now hanging to dry and use latter in teas.
On our return home, we had waiting for us the last of the three salads that I told you about in the last post: Chickpeas (soaked and then cooked, I always prefer to use dry pulses) with watercress, marinated tomatoes, black olives and hard boiled eggs. A delicious combination of nutrients that tasted better than ever, after spending several hours walking outdoors.

 

 

 
Salada de grão de bico com tomates marinados, agriões, azeitonas pretas  e ovos
Ingredientes: 4 pessoas
400 g de grão de bico
150 g de folhas de agriões lavadas
4 ovos
Azeitonas pretas
Preparação:
*Deixe o grão de bico de molho em água durante a noite.
*No dia seguinte coza-o em água (45 a 50 minutos) mas junte sal apenas no fim, para que os grãos não endureçam.
*Nos últimos 15 minutos de cozedura junte os ovos e deixe acabar de cozer.
*Escorra e passe por água fria para que o grão arrefeça mais rapidamente. Descasque os ovos e corte-os ao meio.
*Junte todos os ingredientes para a salada, tempere com a marinada de ervas (junte mais azeite e vinagre se necessário) e sirva à temperatura ambiente.
 
 Chickpea salad with herb marinates tomatoes, watercress, black olives and hard boiled eggs
 
 
 
Ingredients:
400 g chickpeas
150 g watercress leaves, washed
4 eggs
Black olives
 
Preparation:
*Soak the chickpeas in water during the night.
*The next day cook them in water (about 45 to 50 minutes) until tender but firm, add salt just in the last minutes of cooking otherwise the pulses will harden.
*Add the eggs to the boiling water in the last 15 minutes of cooking.
*Drain and rinse under cold water to fasten the cooling process. Remove the shells from the eggs, halve them and let it all come to room temperature.
*In a bowl mix all the ingredients for the salad. Season with the herb marinade (add more olive oil and red wine vinegar if needed) and serve to room temperature.

9 thoughts on “O trilho de Salreu e mais uma salada # Salreu´s trail and one more salad

  1. Depois de um passeio fantástico como o que descreves, nada melhor do que uma refeição simples e leve e tão saborosa! Já levo a receita da Marinada de Tomates que me fez crescer água na boca e mais as sugestões de acompanhamento das tuas belas Saladas. É sempre um prazer visitar-te. Um abraço da Bombom

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s