Muffins de pêra sem glúten # Gluten free pear muffins

E tudo começou com uma caixa de formas de papel…
É engraçado como por vezes um pequeno desvio na rota que traçamos, nos leva àquele sítio ou situação que já conhecemos ou vivemos antes. Mas ainda assim, chegar lá novamente é uma experiência totalmente diferente. Fazer estes muffins foi assim. Pensei, muito sinceramente, que eu e os muffins já éramos história. Pensei que estes queques densos e por vezes grumosos eram feitos para os outros. Seriam  o pequeno almoço ou lanche perfeito para qualquer pessoa à face da terra. Já eu, seria apenas uma testemunha ocular. Uma admiradora platónica. Aquela que iria sempre achá-los irresistíveis, nas revistas, livros e blogs mas nada mais. Experimentei várias receitas ao longo dos anos sem me ligar a nenhuma delas. Até que durante quase dois anos enterrei a vontade de os cozinhar e provar, bem fundo na memória. Mas um pequeno desvio entre os corredores de uma loja do Porto, levou-me até uma caixa de formas de papel que não faziam parte da lista de compras que tinha escrito cuidadosamente em casa. E isso foi  quanto bastou para a vontade renascer. Troquei as voltas a algumas receitas que tinha experimentado antes. Usei apenas farinha de arroz e acrescentei queijo creme e porque gosto de bolos de fruta decidi juntar cubos de pêra à massa. Depois de saírem do forno pincelei-os com mel, sem os deixar arrefecer para o mel deslizar melhor e polvilhei-os com amêndoas laminadas. E o cheirinho quente e doce que se podia sentir, tinha pitadas de coco e até de um pouco de cardamomo que ficaram suspensas no ar como uma promessa de novas aventuras na terra dos muffins.

In English


It all started with a box of muffin paper cases.
It´s funny how sometimes, a little detour in the traced route, lead us to that place ou situation that we already know or experienced before. But still, getting there is again a totally different experience. That´s what making this muffins was. I thought, quite honestly that me and  muffins,   were over, already history. I thought that this dense and  in some cases lumpy cakes were made for others. They would always be the perfect breakfast or snack for anyone on earth. I would be only a eyewitness. A platonic admirer. The one that would always find them irresistible in magazines, books and blogs, but nothing more. I tried several recipes over the years without never linking to any one of them. Then, for almost two years I buried deep in my memory the desire of baking and tasting them. But a small deviation between the aisles of a store of Porto, took me to a box of paper cases that were not part of the shopping list I had carefully written at home and that was all it took to the rebirth of my muffin baking will. I changed a few recipies I kept. I used rice flour and added cream cheese and becauseIi love cakes with fruit, i folded some pear cubes into the batter. Once out of the oven and while still hot, I brushed the muffins with delicious portuguese honey and sprinkled them with flaked almonds. And the warm, sweet smell that could be felt  had a touch of coconut and even a little cardamom that stayed suspended in the air like a promisse of new adventures in the land of muffins.

Ingredientes: 9 a 10 muffins
350 g de farinha de arroz
2 colheres de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de sal fino
1/2 colher de chá de canela
150 g de açúcar amarelo
100 g de queijo creme
50 g de manteiga derretida e morna
2 ovos grandes
400 g de pêra cortada em pequenos cubos
Mel para pincelar
Amêndoas laminadas para decorar

Preparação:
Pré-aquecer o forno a 200º, marca 6 do fogão a gás.
Prepare uma forma de 12 queques com formas de papel.
Numa taça misture a farinha, o fermento, o sal e a canela.
Noutra taça bata o açúcar com os ovos, o queijo e a manteiga.
Faça um buraco nos secos e verta a mistura de líquidos, mexendo só para ligar.
Envolva os cubos de pêra  na massa e com a ajuda de 2 colheres de sopa ou de uma colher de gelado, encha as formas de papel quase até cima.
Leve ao forno por 20 minutos.
Estão prontos quando ao inserir um palito este sai seco.
Deixe os muffins “descansarem” por 5 minutos e pincele-os com mel enquanto ainda estão quentes. Polvilhe-os com amêndoas laminadas.
Os muffins são sempre melhores quando comidos ainda mornos e estes em especial, combinam muito bem com  uma chávena de chá de limonete.

Gluten free pear muffins





Ingredients: 9 to 10 muffins
350 g rice flour
2 tsp baking powder
1/2 tsp salt
1/2 tsp cinnamon
150 g light brown sugar
100 g cream cheese
50 g melted butter, cooled slightly
2 large eggs
400 g pear cut into small cubes
Honey to brush
Flaked almonds to decorate

Preparation:
Preheat the oven to 200º, gas mark 6.
Prepare a 12 bun muffin tin with paper cases.
In a bowl put the flour, salt, baking powder and cinnamon.
In another bowl mix the sugar, cream cheese, eggs and melted butter just to combine.
Fold together the wet and dry ingredients until just bended, don´t over mix.
Stir in the cubes of pear.
Spoon into the 12 bun muffin tin and bake for 20 minutes.
Let them rest for 5 minutes and brush them with honey, while they are still hot.
Sprinkle with flaked almonds and eat still warm. I love it with a cup of  verbena tea.

No fim de semana ainda houve tempo para passear e fotografar nas redondezas de Esmoriz.
During the weekend there were still time to go to Esmoriz and take some photos of the surroundings.

Advertisements