Macarronete cremoso com frango, cogumelos e chouriço # Small rigatoni with chicken, mushrooms and chouriço

As características que são motivo de orgulho numa família  podem ser muitas: Boa índole, acrescida de uma boa dose de bom senso, inteligência, robustez física a toda a prova, aquele dom extraordinário que se herdou da bisavó… e a lista continua. Pois a verdade é que nós aqui em casa, além dessas qualidades todas (hoje não trouxe a modéstia comigo…) ainda temos outras importantíssimas, tais como a capacidade extraordinária para comer massas como se não houvesse amanhã.
Esta receita é mais uma das recorrentes. Cubos de peito de frango alourados na gordura de chouriço e regados com a doçura aromática do vermute, aos quais se juntam cogumelos marrom cortados em dois e salsa picada da horta. Misturam-se com macorrete al dente e rega-se com molho branco, não muito espesso, com parmesão. Vai ao forno até alourar, encher a cozinha com um aroma irresistível e atrair crianças e adolescentes num raio de 1 km (também não trouxe a moderação!…).
Este é um daqueles pratos que facilmente ganham lugar cativo no caderno de receitas (ou nos favoritos do computador) de qualquer mãe de família que se preze mas já me têm dito ( e a minha experiência concorda) que mesmo a gente grande não se importa, mesmo nada, de fazer e comer este macarronete vezes sem conta.
In English
The characteristics that are a source of pride in a family can be many: Good nature, with a good dose of common sense, intelligence, physical strength at all proof, the extraordinary gift inherited from  a great grandmother,… and the list goes on. The truth is that we, here at home, besides all these qualities (I didn´t bring modesty with me today…) still have one more and a very important one, such as the extraordinary ability to eat pasta like there´s no tomorrow.
This recipe is one of my most recurrents. Cubes of chicken breast browned in chorizo fat and then drizzled with the aromatic sweetness of the vermouth to which are added cremini mushrooms halved and chopped parsley from the kitchen garden. Mixed with al dente small rigatoni and white sauce, not too thick, with parmesan. Bake until golden, filling up the kitchen with an irresistible aroma and attract adolescents within a  1 km radius (I also didn´t bring moderation!…).
This is one of those dishes that easily gains a permanent place in your recipe notebook, or computer favorites of any self-respecting mother, but I´ve already been said (and my experience agrees) that even grownups won´t mind, at all, to make and eat this pasta dish countless times.

 

Advertisements