Pão de ló de Alfeizerão

O Natal já passou e o novo ano já aqui está mas os ecos das festas ainda se conseguem ouvir!…
O pão de ló de Alfeizerão tem sido nos últimos anos, mais um dos doces com lugar cativo na nossa mesa de Natal e de fim de ano e claro, este ano não foi excepção.
A primeira vez que experimentei este pão de ló, foi há muito muito tempo num almoço que ficou na memória por várias razões (incluíndo o pão de ló!). Ainda me lembro de ver a fatia alta de massa fofa com uma fina camada de ovos moles em cima e assim que provei, tive a certeza de que acabaria por experimentá-lo em casa, só precisava de descobrir a receita. Tempos depois, entrou na minha vida um livro chamado “Cozinha tradicional portuguesa” e foi aí que começou a minha aventura com este doce. E digo aventura porque só algum tempo depois, encontrei o equilibrio entre o meu forno e esta massa leve, macia e fofa.
A primeira vez que experimentei a receita, percebi que, se queria reproduzir um pão de ló alto como o que tinha comido, teria que duplicar a quantidade dos ingredientes e foi isso que fiz, depois foi uma questão de acertar com a temperatura do forno e o tempo de cozedura, já que os indicados na receita não deram bom resultado. Assim passei de cozê-lo a 200º durante 20 minutos (já que tinha duplicado a receita) para cozê-lo a 180º, durante 30 minutos e pela primeira vez, vi o “meu” pão de ló de Alfeizerão a sair perfeito do forno, apenas dourado e com uma fina camada de ovos moles em cima, tal como o tinha provado muitos anos antes.

(Esta mensagem foi atualizada)

Pão de ló de Alfeizerão
 

Ingredientes:
4 ovos
12 gemas
200 g. açúcar
100 farinha

Preparação:
*Começo por cortar 3 folhas de papel vegetal (quadradas) e de seguida forro uma forma redonda, da forma
tradicional, ou seja com as pontas viradas para cima.
*Pré-aqueço o forno a 180º, marca 4 do fogão a gás.
* Bato os ovos com o açúcar até ficar uma mistura volumosa, espessa e esbranquiçada.
*Começo a juntar as gemas ao creme de ovos, uma a uma, batendo entre cada adição.
*Depois de todas as gemas estarem misturadas no creme, bate-se com a batedeira cerca de 20 minutos.
*Por fim junta-se a farinha peneirada. sem bater, envolvendo-a muito bem no creme de ovos e açúcar.
*Vai ao forno por 30 minutos. Covém cobrir com uma folha de papel de alumínio, caso comece a queimar por cima.
*Come-se apenas no dia seguinte.

Advertisements