Os meus hambúrgueres de vaca # My beef burgers


E agora uma estreia.
Eu, mãe de dois rapazes crescidos, (um deles com uma quedazita assumida pelo fast food), a fazer hambúrgueres há mais tempo do que me consigo lembrar. Concorrente orgulhosa das cadeias de “rápidos” em versão caseira. Aqui me confesso. Levei quase seis anos a publicar a primeira receita destes pequenos “embrulhos” de alegria carnívora. Et voilá, sem mais, aqui estão eles!
Convém esclarecer que os anos que levamos de prática nesta casa, na escolha da mistura da carne, dos molhos, dos acompanhamentos, enfim, todos aqueles detalhes que fazem de um hambúrguer caseiro algo a ansiar, criaram alguns clássicos, ou pelo menos é isso que eles são para nós.
Estes, os primeiros por aqui, são de vaca (comprem a de melhor qualidade que puderem), temperada apenas com alho, sal e pimenta. Mas depois vem tudo o resto. O leve picante e sabor marcado do queijo de cabra, a frescura doce do tomate, o vigor da cebola e a saborosa combinação de suavidade com acidez e picante do molho de yogurte grego com pepinos em pickles e mostarda de Dijon. Por fim o pão, fofo mas um pouco mais robusto do que outros, com sementes variadas e aveia no topo, o “embrulho” preferido por agora.
Um hamburguer “slow” dos melhores que esta casa gasta 🙂

Deixo-vos aqui algumas das fotos dos trilhos que fizemos em Castro Daire.

In English
And now a debut.
I, mother of two big boys, (one of them with an assumed inclination for fast food), making burgers for longer than I actually remember. Proud competitor in a homemade version of the “fast” chains. Here I confess myself. It took me almost six years to publish my first recipe of these little bundles of meaty joy. Et voilá, without further more here they are!
It should be clarified that the years of practice in this house, in choosing the meat mixture, sauces, accompaniments, in short, all those details that make a homemade burger something to long for, created some classics, or at least that is what they are for us.
These, the first around here are made from beef (buy the best you can afford) seasoned only with garlic, salt and pepper. But then comes everything else. The tanginess of the goat cheese , the sweet freshness of the tomatoes, the strengh of the onions and the tasty combination of the mildness, acidity and heat of the greek yogurt, pickled cucumbers and Dijon mustard sauce. Finally the bread, soft but a little bit more robust than others, with seeds and oats on top, the favorite “bundle” for now.
A “slow” burger, one of the bests of this house 🙂

I leave you here some of the photos of the tracks we walked in Castro Daire.






 

 

 

 









Ingredientes: 7 mini hambúrgueres
500 g de carne de vaca picada
2 colheres de sopa de pão ralado
2 dentes de alho ralados
1 ovo
Pitada de sal
Pitada de pimenta preta acabada de moer
Molho de iogurte grego e pickles de pepino;
200 g de iogurte grego light
2 pepinos em pickle picados grosseiramente
1 colher de chá de mostarda de Dijon
Pitada de sal
Pitada de pimenta preta acabada de moer

7 pãezinhos com sementes
Rodelas de tomate
Rodelas de cebola vermelha
Folhas de vegetais (uso a mistura asiática da Vitacress)
Queijo de cabra fatiado

Preparação:
*Numa taça misture a carne com o pão ralado, o alho ralado, o sal e a pimenta e mexa, junte o ovo e mexa novamente até ficar bem ligado. Eu gosto de usar as mãos para fazer a mistura, o resultado é melhor e a sensação é muito boa 🙂
*Faça bolas com a mistura de carne, pode fazer maiores ou mais pequenas mas para esta receita eu prefiro fazer bolas pequenas para mini hamburgueres.
*Espalme cada bola de carne para lhes dar o formato de hamburguer.
*Aqueça muito bem (muito bem mesmo) uma sertã ou uma grelha em lume forte. Baixe o lume para médio baixo e grelhe os hamburgueres cerca de 4 minutos de cada lado, espalmando-os com uma espátula para que grelhem bem.
*Para fazer o molho de iogurte junte todos os ingredientes e mexa.
*Monte os hamburgueres a gosto usando rodelas de tomate, queijo de cabra, rodelas de cebola, folhas verdes e o molho.

Ingredients: makes 7 mini burgers
500 g of minced beef
2 tbsp of super fine bread crumbs
2 cloves of garlic, grated
1 egg
Pinch of salt
Pinch of freshly ground black pepper
Greek yogurt and pickled cucumbers sauce:
200 g of low fat greek yogurt
2 pickled cucumbers, roughly chopped
1 tsp of Dijon mustard

7 little seeds buns
Slices of tomato
Slices of red onion
Green leaves (red pack choi, wasabi rocket and lettuce)
Thinly sliced goat cheese

Preparation:
*In a bowl mix together the meat, bread crumbs, garlic, salt and pepper, add the egg and combine. I like to use my hands for this, the result is much better and  I love to feel the ingredients 🙂
*Make balls with the meat mix, you can make them smaller or bigger but for this recipe I prefer to make small balls for mini burgers.
*Flatten each ball to give it the proper burguer shape.
*Heat a non stick frying pan or a grill in high heat (it must be really, really hot), put in the burgers, drop the heat to medium low and cook for about 4 minutes each side, press the meat using a spatula for an even cooking.
*To make the greek yogurt sauce just mix all the ingredients together and season to taste.
*Put the burgers together as you prefer, using the tomato, goat cheese, onion rounds, green leaves and sauce.

 

7 thoughts on “Os meus hambúrgueres de vaca # My beef burgers

  1. A pior coisa do mundo é olhar para imagens de um prato que não suportamos – no meu caso hamburgueres e ainda para mais de carne de vaca – e começar a salivar copiosamente de tão apetitoso que parece… cá por casa também se fazem uns quantos de quando em vez – eu abstenho-me de os provar – porque o meu filhote é grande fã de hamburguer caseiro em pão caseiro. Felizmente, por enquanto, diz que não á fast food, mas sei que em chegando á adolescência…aiii de mim ehehehh. Que imagens lindas!
    http://bloglairdutemps.blogspot.pt

    Gostar

  2. E eu confesso-me como assumida devoradora de hamburguers. Mas dos bons, claro, nada de coisas feitas em cadeias de fast food. E estou mortinha por ver as vossas outras versões. Estes vou experimentar de certeza absoluta.

    Adorei as fotos da caminhada em Castro D'aire, que caminhos bonitos e tranquilos!

    Gostar

  3. Passo por aqui muitas vezes mas, embora adore este blog, tenho comentado pouco… Hoje porém tenho que lhe dizer que as suas fotos são das mais belas que tenho visto e dão vontade de viajar, passear, comer… e ser feliz!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s