Late Summer days

 

É inevitável. Tal como em anos passados, este mês de Setembro trouxe consigo, desde o início, a antecipação do Outono. São as maças novas e os marmelos que chegaram com a promessa doce de marmelada de maça (que já fiz)  e de marmelada propriamente dita (que ainda vou fazer). É a luz do dia que se torna mais ténue e tantas outras coisas, cujo tempo de as falar ainda não chegou. Mas hoje vou esquecer tudo isso. Agora e hoje ainda é tempo de Verão.

É tempo de cascatas de água fresca e transparente. De dias de sol sob a sombra verde das árvores. De amoras maduras, perfume doce de flores de funcho e hortelã e de almoços tardios, leves e refrescantes.
Agora ainda é tempo de saladas e de bruschettas.

Em muitos dias deste Verão, o almoço cá em casa foi servido em fatias de pão rústico e tostado. E agora que ele está mesmo no fim, posso dizer que estas quatro bruschettas foram as mais revisitadas.
O sabor fumado e suave da courgette grelhada em conjunto com o salgado do presunto e o toque doce dos pinhões tostados.
A versão bruschetta do guacamole que ultimamente é um dos meus “vícios”.
A doçura dos pimentos fritos em contraste com o salgado do queijo feta, perfumados com oregãos.
E o picante doce do chili com os sabores tão característicos do queijo de cabra e da rúcula, numa combinação de sabores e texturas tão diferentes mas que casam de forma deliciosa.

E depois disto, o que fica, é a nostalgia de tudo de bom que o Verão trouxe e o entusiasmo por tudo de bom que o Outono com certeza vai trazer.

In english
Is inevitable. Just like in past years, this month of September brought me the anticipation of Fall. Is the new apples and quinces arriving with the sweet promisse of apple marmelada (that I already made) and quince marmelada (that I´m going to make soon) – So that you know, portuguese marmelada is not the same as english marmalade. The word marmelada comes from marmelo which is the portuguese word for quince and is a kind of a sweet paste, a very thick jam, so thick that you can slice it and so delicious. A tradition and a must for most of portuguese homes.  I like to make it also with apples.

The anticipation of Fall comes with the light of day becoming more soft and so many other things. There will sure be a time for all that in the near future, but not yet. Because today, I´m going to forget all those things. Today is still summer time.

Time of fresh, transparent waterfalls. Of sunny days under the trees green shades. Of ripe blackberries and the sweet perfume of dill flowers and mint. And of late lunches, light and refreshing. Now is still the time of salads and bruschettas.

On many days, during this Summer, lunch was served on crunchy slices of rustic bread. And now that it´s almost over, I can say that these four bruschettas were the most revisited.
The smoky, mild  flavor od grilled courgette along with the saltiness of the ham and sweetness of toasted pine nuts.
The bruschetta version of guacamole that lately is one of my “addictions”.
The sweetness of fried peppers along with the saltiness of the feta cheese, perfumed with dried oregano.
And the spicy sweetness of chili combined with the caracteristic flavors of goats cheese and arugula. Diverse tastes and textures “married” in such a delicious way.

And after all this, what remains is the nostalgia of the good things Summer brought, and the enthusiasm for all the good things Fall will surely bring.

 

 

 

 

 

 

Bruschettas
São simples e facílimas de preparar e ao mesmo tempo satisfazem plenamente. De quantas mais receitas poderemos dizer o mesmo?
Usem bom pão e o melhor azeite que conseguirem comprar, este é o melhor ponto de partida para uma boa bruschetta. O resto é usar a imaginação, um pouco de bom senso culinário e tantos ingredientes frescos e de boa qualidade quantos desejarem.
Bruschetta de tomate e abacate (guacamole)
Fatias de pão rústico
1 dente de alho
Azeite extra virgem
Tomate cortado em pedaços a gosto
Abacate
Sumo de limão
Coentros
Preparação:
*Aqueça as fatias de pão e barre-as com o dente de alho aberto e pincele com azeite.
*Esmage o abacate e regue com sumo de limão para não escurecer.
*Barre cada fatia de pão com bastante pasta de abacate e por cima disponha pedaços de tomate, polvilhe com coentros e regue com 1 fio de azeite.
Bruschetta de courgette, presunto e pinhões
Courgette
Presunto fatiado
Azeite extra virgem
alho
Pinhões
Preparação:
*Corte a courgette em fatias bem finas (com a casca) com a ajuda de um descascador de vegetais e depois grelhe-as numa chapa de grelhador bem quente. Só até se verem as marcas leves da chapa, cerca de 1/2 minuto, mais ou menos.
*Tempere as fatias de courgette com azeite. Eu não usei sal pois o presunto já é bastante salgado.
*Aqueça as fatias de pão, passe o alho e azeite por cada uma e depois cubra com uma camada de presunto, a seguir as fatias de courgette e por fim os pinhões previamente tostados numa sertã.
*Regue com 1 fio de azeite.
Bruschetta de pimentos e feta:
Fatias de pão rústico
Tiras finas de pimentos de várias cores (usei verde e vermelho)
1 dente de alho
Azeite extra virgem
Queijo feta
Oregãos
Preparação:
*Frite os pimentos em azeite até ficarem macios mas firmes. Deixe arrefecer até ficar morno.
*Numa fatia de pão aquecida, barrada com alho e pincelada com azeite, coloque uma boa camada de pimentos misturados com queijo feta esfarelado.
*Polvilhe com oregãos e sirva.
 
Bruschetta de queijo de cabra, rúcula e chili:
Fatias de pão rústico
Chilis
Queijo de cabra em creme
Rúcula
Azeite extra virgem
Preparação:
*Aqueça as fatias de pão, barre-as com uma boa camada de queijo, salpique com chili cortado às rodelas e folhas de rúcula.
*Regue com 1 fio de azeite.
 
 
Bruschettas
 
They´re simple and a breeze to prepare and at the same time fully satisfying. Of how many more recipes can we say the same?
Use a good rustic bread and the best olive oil you can afford. This is the best starting point to a delicious bruschetta. Then all you have to do is use your imagination, a bit of kitchen common sense and as many fresh and good quality ingredients as you want.
Tomato and avocado (guacamole) bruschetta:
Slices of good rustic bread
Tomatoes
Avocado
1 garlic clove
Extra virgin olive oil
Cilantro
Preparation:
*Toast the bread slightly, rub with the garlic clove and brush with olive oil.
*Cover each slice with mashed avocado (with lemon juice, so it doesn´t darken) and put some diced tomato on top.
*Cover with chopped cilantro and a drizzle of olive oil.
Courgette and ham bruschetta:
Slices of rustic bread
1 garlic clove
Extra virgin olive oil
Courgette
Thinly sliced ham
Pine nuts
Preparation:
*Cut the courgette very thinly with the help of a vegetable peeler, and grill each slice on a hot grill, about 1/2 minute each side, until you see light marks of the grill.
*Season the courgette with olive oil. I don´t use salt here because the ham is already very salty.
*Toast the bread slightly, rub with the garlic clove and brush with olive oil.
*Cover the bread with the ham and put the courgette slices on top.
*Slightly toast the pine nuts on a hot frying pan, be carefull because they burn easilly an scatter them on top.
*Finish with a drizzle of olive oil.
 
Peppers and feta bruschetta:
Slices of rustic bread
1 garlic clove
Extra virgin olive oil
Peppers (I used green and red ones)
Feta cheese
Dried oregano
Preparação:
*Toast the bread slightly, rub with the garlic clove and brush with olive oil.
*Cut the peppers into very thinly strips and fry them in hot olive oil (not much, just enough to oil them) until tender but firm.
*Let it cool a bit.
*Cover the slices of bread with a good amount of peppers mixed with crumbs of feta cheese.
*Sprinkle some dried oregano on top.
Soft goats cheese, arugula and chili bruschetta:
Slices of rustic bread
Soft goats cheese
Chilis
Arugula
Extra virgin olive oil
Preparation:
*Toast the bread slightly.
*Cover with a generous amount of soft goats cheese, scatter some chili (cut into rounds) and some arugula on top.
*Finish with a drizzle of olive oil.

 

Anúncios

12 thoughts on “Late Summer days

  1. As bruschettas são uma constante cá em casa, sempre adaptadas à estação em que são consumidas. E são mesmo uma tela em branco onde a imaginação (sempre com bom senso!) não tem limites.

    Uma das nossas preferidas (quer seja verão ou inverno) é preparada com fatias fininhas de revilla picante, camembert e tomate, tudo polvilhado com oregãos.

    Gostar

  2. Hi, I’m Sonia, an Italian food blogger, sorry for my bad English, I want tell you that I have included the link of this recipe in the section on my blog dedicated to “10 ways to make” (“10 Modi di Fare”) bruschette recipes.
    The post is ‘Friselle con pomodorini’ I hope not to bother you.
    Have a nice day.

    Sonia

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s